DengueTech
x
Por: Denguetech
O fim do ano chegou e, com ele, as férias e viagens também. Mas mesmo em momentos de descanso e diversão é muito importante se manter atentos aos cuidados com a Dengue. Confira as dicas que separamos para te ajudar.

O fim do ano chegou e, com ele, as férias e viagens também. Mas mesmo em momentos de descanso e diversão é muito importante se manter atentos aos cuidados para combater a Dengue.

Por se locomover para diferentes regiões nessa época do ano, em que há vários surtos de Dengue pelo País, é fundamental que você esteja bem informado sobre áreas de risco, sintomas, hospitais próximos e de como recorrer a um tratamento em caso de contágio. Pensando nisso, separamos aqui 4 cuidados que você precisa ter para ficar longe da Dengue nas férias, confira:

Informação é tudo

Na hora de planejar a sua viagem, uma das principais dicas é se informar se o local escolhido é uma área de risco, se há surtos de Dengue na região. É comum que nessa época várias cidades declarem estado de alerta para os turistas e também os orientem para evitar o contágio. Sendo assim, se puder evitar as áreas perigosas, é o ideal. Mas, se não há mais tempo de remarcar, vá preparado e tente descobrir onde há unidades de saúde próximas. Assim, poderá ter um atendimento rápido se precisar!

Fique atento aos sintomas da Dengue

É importante que você saiba quais são os sintomas da Dengue para que identifique rapidamente caso pegue a doença. Nós listamos aqui os principais deles e, caso você sinta algum da lista, é imprescindível que procure atendimento médico o mais rápido possível para um diagnóstico preciso e um tratamento eficaz.

  • Febre alta
  • Forte dor de cabeça
  • Dor atrás dos olhos
  • Manchas e erupções na pele, normalmente com coceiras
  • Extremo cansaço
  • Moleza e dor no corpo
  • Muitas dores nos ossos e articulações
  • Náuseas e vômitos
  • Tontura
  • Perda de apetite e paladar.

O que não pode faltar na mala

Se viajar para locais com circulação da doença, muita vegetação ou for acampar e fazer trilhas, um bom repelente não pode ficar fora da mala, principalmente com os surtos de Dengue nessa época do ano. Além disso, não se esqueça de levar seus documentos de identificação pessoal, como RG (Registro Geral) ou CPF (Certificado de Pessoa Física) e, ainda, a carteirinha do seu convênio e carteirinha de vacinação. Caso apresente sintomas da Dengue e precise de atendimento médico, ter esses documentos em mãos facilitará muito.

Deixe a sua casa protegida

Mesmo com toda a empolgação para viajar nas férias, uma dica fundamental é não esquecer de deixar a sua casa protegida. Assim, poderá se divertir à vontade e encontrar a sua casa longe dos mosquitos da Dengue quando voltar. Não deixe expostos locais em que a água pode se acumular. Para os locais em que a água se acumula e que não queremos ou não podemos remover, tais como ralos, vasos sanitários, lajes, pratinhos de planta, bandeja da geladeira frost free (com degelo automático) e ar condicionado, use produtos que matam as larvas do Aedes, como o DengueTech. Para saber mais sobre o produto e o seu uso, clique aqui.

Se quiser continuar na luta contra à Dengue e ficar por dentro de muitas dicas, acompanhe o nosso blog.